Buscar
  • Dra Araceli Albino

Angústia ou Ansiedade coletiva – uma descarga psíquica

O episódio na escola Estadualde Recife (PE) em que 26 alunos passaram mal ao mesmo tempo no dia 8/04/2022 assustou professores, alunos e familiares. Foi acionado o socorro dos médicos do SAMU, que classificou como uma crise coletiva de ansiedade.

Os alunos sofreram um forte estado de ansiedade, taquicardia, sufocamento, desmaios, palpitações, choroscompulsivos, tremores e medo de morrer. Estes sintomas apresentam uma forte descarga no corpo, o que na teoria psicanalítica denomina-se de estado de conversão.

Especificamente sobre a crise de ansiedade coletiva, anteriormente chamadade histeria coletiva, hoje em dia se fala em síndrome do pânico, que é da mesma categoria. Este fato pode ter ocorrido a partir de uma reação em cadeia, os alunos possivelmente possuem a mesma estruturapsíquica, e ao verem os colegas passaremmal começaram a sentir o mesmo pavor, desencadeando sintomas parecidos.

A teoria freudiana sustenta que temos uma organização psíquica, que se constitui na primeira infância (0 a 9 anos de idade), que se divide em consciente, pré-consciente e inconsciente. Existem coisas que vivemos na primeira infância que são desprazerosas e que se tornaminconscientes, ou seja, recalcadas e vão provocaralguns sintomas na vida adulta.


A causa fica inconsciente, mas continua se manifestando por meio de sintomas. Os sintomas acima descritos são de ordem inconsciente, estes tendem a repetir-se através de ações encobertas, por não poderem ser lembrados. Existe uma força que promove a repetição destes impulsos por meio dos sintomas, e as pessoas não tem consciência de onde vêm. Os sintomas podem se manifestar em situações de alto grau de estresse, de algum trauma pessoal ou coletivo, como o que vivemos com a pandemia da Covid-19, onde ficamos frente a frente com a morte e vivenciamos perdas de entes queridos, perdasde contatos com amigos e familiares, de liberdade, do aprendizado e o isolamento foi necessário para preservarmos a vida. São fatores desencadeadores de crises e que levam a manifestações de sintomas inconscientes.

Foi o que aconteceu com estes alunos, que se viram pressionados a darem conta das provas, e a insegurança tomou conta, provocando uma descarga psíquicapor meio dos sintomas apresentados. Para entender melhor estes sintomas a psicanálise aponta três tipos de ansiedade, sendo a realística, neurótica e angústiacomo sendo um sinal. Freud baseou esta teoria nos estudos de Charles Darwin, que colocou que a ansiedade tem uma função biológica que é uma reação a um estado de perigo.

O importante é reconhecer o nível da angústia e procurar ajuda quando ela se torna insuportável, ter acompanhamento adequado nestes momentos, seja por um psicólogo, um psicanalista ou de um psiquiatra, faz toda a diferença. O primordial é identificar as causas destes demores, tão comuns nos dias de hoje, que comprometem a qualidade de vida, causando prejuízos, muitas vezes irreparáveis, sequelas físicas e psicológicas, que tem impedido muitaspessoas de viverembem consigo mesmae de se relacionarem de forma saudável com outros.



Artigo publicado em: 04 de maio de 2022

Diário da Região - São José do Rio Preto - SP

4 visualizações0 comentário