Curso de Pós-Graduação:
Psicopatologias Psicanalíticas
do clássico ao contemporâneo

Curso Modular: Fazendo 1 (um) módulo o aluno recebe um certificado de EXTENSÃO 

Fazendo todos os módulos, o aluno recebe o certificado de PÓS-GRADUAÇÃO.

É NECESSÁRIO FAZER OS MÓDULOS NA ORDEM PROPOSTA PELA ESCOLA

Em parceria com a Facei

Objetivo:  Pretende-se neste curso  abordar  diversos ramos do conhecimento psicopatológicos  enlaçando-os  com  teoria e a clínica psicanalíticas no sentido de preparar o profissional para os novos desafios da clínica atual onde o sofrimento assola o homem moderno.

Público Alvo: Psicanalistas, Psicólogos, Médicos, Filósofos, Profissionais da área  de Ciências Humanas  e da  saúde.

Metodologia:  A metodologia  é composta de aulas expositivas ,   estudo de casos,  pesquisa, vídeos, filmes,   além de  seminários com professores e especialistas convidados. A interação entre  alunos e professores sempre será privilegiada.

Avaliação: Será feita uma avaliação em cada  módulo, sendo que a classificação será uma nota de 0 a 10 e  a média mínima será 7,0 (sete), a avaliação poderá ser uma prova e/ ou trabalho, além disso o aluno deverá apresentar 75%  de  frequência e entrega de monografia.

Certificação:  Ao final do curso os alunos que cumpriram os requisitos de frequência e avaliação, receberão o certificado de pós -graduação pela Faculdade  Einstein.

Estrutura:  O curso é composto por  07 módulos não sequenciais, porém interligados, que perfazem todo o percurso da teoria psicanalítica.

Periodicidade: Final de semana: um final de semana por mês, sábado e domingo, das 09 às 17:30 horas.

 Período: 24 meses

Investimento:

Inscrição: R$ 50,00 

matrícula R$ 300,00

24 parcelas de R$ 550,00  ou à vista  com desconto a combinar

Disciplinas                                                                                                                                    Carga Horária

 I – Contextualização histórica da psicopatologia                                                                      56

II – Fundamentos Neuropsicopatológicos                                                                                    63

Psicopatologias Psicanalíticas                                                                                                         98

IV – Psicopatologias Contemporâneas: os novos males                                                           77

V – Noções Básicas de Psicossomática                                                                                          28

VI- Noções de  Psicofarmacologia                                                                                                   28

VII – Metodologia Científica                                                                                                              16

Artigo Científico                                                                                                                                    20

Total:                                                                                                                                                      386

Programa do curso:

Mod. I – Contextualização histórica da psicopatologia

                 Carga Horária= 56 horas

          1.1 -     Diferentes contextos da psicopatologia na antiguidade. A visão dos seguintes filósofos:

                        Aristóteles;    Hipocrates;  Platão;  Galeno

          1.2–     Michel Foucault e a História da Loucura 

                        1.2.1-   A psicopatologia e as relações de poder

                        1.2.2-   As relações entre razão e desrazão na constituição da subjetividade ocidental

                        1.2.3-   O grande Enclausuramento

                        1.2.4-   Médicos e Doentes

                        1.2.5-   A história da doença

          1.3 -  O Poder Psiquiátrico

                        1.3.1-  Espaço Asilar e ordem disciplinar

​                        1.2.2-  A nova figura do louco

                        1.3.3-  O poder da disciplina como instância normalizadora

                        1.3.4-  Foucault e a crítica aos discursos instituídos

                        1.3.5- A psiquiatrização da infância

                        1.3.6- O poder psiquiátrico e a questão da verdade

           1.4- Contexto fenomenológico da Psicopatologia  

                        1.4.1-  Introdução ao método fenomenológico 

                        1.4.2– Descartes

                        1.4.3-  Husserl

                        1.4.4- Heidegger

                        1.4.5– O desdobramento do método fenomenológico em psicopatologia e suas consequências terapêuticas

                        1.4.6– Rollo May 

                        1.4.7– Wan Denberg 

Mod. II – Fundamentos de neuropsicopatologias

                    Carga horária total = 63 horas.

1- Psicopatologia geral:                                                                                                                                                   

- Contextualização histórica;

- Conceitos: Normal vs Patológico;

2- Princípios básicos de neurociências:

- Biologia celular e molecular do neurônio;

- Eletrofisiologia humana;

- Interação dos sistemas nervoso, endócrino e imunológico;

3- Avaliação neuropsiquiátrica:

- Conceitos de doença mental;

-Técnicas de diagnótico em neuropsiquiatria;

- Avaliação neuropsicológica;

- Neuroimagem funcional em psiquiatria;

- CID-10 / DSM-V

4- Transtornos neuropsicopatológicos

- Transtornos convulsivos;

- Transtornos do sono (narcolepsia e insônia);

- Transtornos ansiosos (TAG, pânico, fobias, TOC, Estresses);

- Transtornos afetivos e de humor (Depressão, bipolar);

- Transtornos psicóticos (Esquizofrenia, borderline, esquizoafetivo, paranóia);

- Doença de Alzheimer;

- Demencia associadas à disfunções motoras (Parkinson, Huntington);

- Demências associadas com o processo de envelhecimento;

- Transtornos associados ao uso de álcool e outras substâncias.

5- Alterações psicossomáticas

 

 

Mod. III – Psicopatologias Psicanalíticas

         3.1 –    Noções Básicas sobre o inconsciente e suas manifestações.

         3.2 –    Constituição do Psiquismo e suas Pulsões

         3.3-      Estruturas Clínicas: Neurose/ Psicose / Perversões.

         3.3.1 – Neuroses: Histeria/ Neurose Obsessiva/ Fobias.

         3.4-      Psicoses: Psicose Maníaco Depressiva/ Paranóia/ Esquizofrenias/ Autismo

         3.5-      Perversões: Parafilias 

                                                                                                                                                         Carga horária total:  98 horas

Mod. IV – Psicopatologias Contemporâneas: os novos males

            4.1-  Distúrbios Alimentares: Aneroxia/ Bulimia/ Obesidade.

            4.2-  Clínica do Narcisismo: Depressão/ Melancolia/ Síndrome de Pânico

            4.3-  Dependências e Compulsões: Álcool/ Tabagismo/ Compras/ Toxicomania

 

                                                                                                                                                        Carga horária total = 77 horas

 

Mod. V – Noções Básicas de Psicossomática

         5.1 - Fenômenos Psicossomáticos;

         5.2 - Expressão dos sintomas                                         

         5.3 - tratamento

                                                                                                                                                                    Carga horária = 28 horas

 

Mod. VI- Noções de  Psicofarmacologia

          6.1- tipos : Ansiolíticos/ antidepressivos/ Estabilizantes de humor/ Hipnóticos/ Antipsicóticos

          6.2- Mecanismos de ação e efeitos colaterais.

                                                                                                                                                                      Carga Horária: 28 horas

Mod. VII – Metodologia Científica

              7.1 - Elaboração de Projeto de pesquisa

              7.2 - Elaboração de Artigo científico

                                                                                                                                                                    Carga Horária: 16 horas

 

 

Bibliografia

Mod. I – Contextualização histórica da psicopatologia

AMARANTE, P. Asilos, alienados, alienistas: uma pequena história da psiquiatria no Brasil. In: Amarante P, organizador. Psiquiatria social e reforma psiquiátrica. Rio de Janeiro: Fiocruz; 1998.

FOUCAULT, Michel. Eu, Pierre Rivière, que degolei minha mãe, minha irmã e meu irmão. Tradução de Denize Lezan de Almeida. Rio de Janeiro: Graal, 1977

FOUCAULT, Michel. O nascimento da clínica. Tradução de Roberto Machado. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1980.

FOUCAULT, Michel. Doença mental e psicologia. Tradução de Lilian Rose Shalders. 2. ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1984.

FOUCAULT, Michel. História da loucura na Idade Clássica. Tradução de José Teixeira Coelho Netto. São Paulo: Perspectiva, 1978.

FOUCAULT, Michel. O poder psiquiátrico: curso dado no Collège de France. São Paulo: Martins Fontes, 1973-1974/2006.

 

HUSSERL, E. Investigaciones lógicas. Tradução de M. Garcia Morente e J. Gaos. Madri: Revista de Occidente, 1967.

________. Ideas relativas a uma fenomenología pura y uma filosofia fenomenológica. Tradução de J. Gaos. México: Fondo de Cultura Econômica, 1962.

_________. A filosofia como ciência de rigor. Tradução de Albin Beau. Coimbra:

Atlântida, 1965.

_________. A idéia da fenomenologia. Tradução de Carlos Morujão. Lisboa: Ed. 70, 1986.

.DESCARTES. Œuvres, édition Charles ADAM et Paul TANNERY, Léopold Cerf, 1897-1913, 13 volumes; nouvelle édition complétée, Vrin-CNRS, 1964-1974, 11 vol. (edição de referência).

Berg, J. H. (1978). O paciente psiquiátrico : esboço de psicopatologia fenomenológica. 3. ed. São Paulo: Mestre Jou.         

 

 Módulo II– Fundamentos de neuropsicopatologias

Lent, Roberto. Cem bilhôes de neurônios: Conceitos fundamentais de neurociência. Atheneu. 2.ed. 2010.

Graeff, F.G.; Brandao, M. L. Neurobiologia dos transtornos mentais. 1.ed. Atheneu. 2014.

Pliszka , Steven R. Neurociência Para o Clínico de Saúde Mental. Artmed. 2004.

Lambert, K.; Kinsley, C. H. Neurociência clínica: as bases neurobiológicas da saúde mental. Artmed. 2006

Mello Filho, J.; Burd, M. Psicossomática hoje. Artmed. 2.ed. 2010.

 

 

Mod. III – Fundamentos da Psicopatologia Psiquiátrica

Kaplan, H.  e Sadock, J.B – Manual de Psiquiatria, 2ª edição, Artmed, Porto Alegre, 1998.

Paim, I. – Curso de Psicopatologia, 4ª edição, Livraria Editora, Ciências Humanas Ltda, São Paulo, 1978.

Sonenreich,C. ; Estevão G. e Filho,L.M.A.S – Psiquiatria: Proposta, Notas e Comentários, Lemos Editorial, São Paulo, 1999

         Organização Mundial da Saúde (2000) CID-10. Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. 10ª revisão. Vol. 01. Editora da Universidade de São Paulo.-TR  

Manual diagnóstico y estadístico de los trastornos mentales – DSM-4

 

 

Mod. IV – Psicopatologias Psicanalíticas

Asson, P.L – Introducción a la Epistemologia Freudiana, 6ª edición, Siglo Veintiuno Editores, Buenos Aires, 2001.

Delouya, D. – Depressão – Clínica Psicanalítica , Casa do Psicólogo Editora, São Paulo, 2010.

Freud, S.  Edição Standard das Obras Completas de Sigmund Freud, Imago Editora, RJ,1980

__________  A Psicopatologia da Vida Cotidiana ( 1901). Vol. VI

__________ Um Caso de Histeria e Três Ensaios sobre a Sexualidade ( 1905-1901), Vol. VII

__________ Duas Histórias Cínicas ( O Pequeno Hans e o Homem dos Ratos). Vol. X

__________ História de uma neurose infantil (1918 [1914]), Vol. XVII

__________O Caso Schreber (1911), vol. XII

__________Luto e Melancolia ( 1917-1915) , vol. XIV

__________ Reflexões sobre os tempos de Guerra e Morte,( 1915), Vol. XIV

__________Neurose e Psicose, ( 1924-1923), VOL. XIX

__________A Perda da Realidade na Neurose, Psicose, (1924), Vol. XIX

__________Inibições, Sintomas e Ansiedade, ( 1926 – [1925]),Vol. XX

__________O inconsciente descritivo e o inconsciente dinâmico, Vol. XIX

 

Mod. V – Psicopatologias Contemporâneas: os novos males

Hornstein, L. – Afetos e Humores do Viver, Via Lettera, São Paulo, 2008.

FUCOT , Federación Uruguaia, - Drogas, Ética y Transgresión de Comunidades Terapêuticas, Editorial Psicolibros, Montevidéu, 2001.

Gassola, L.R – Estratégias na Neurose Obsessiva, Campo Freudiano no Brasil, Jorge Zahar Editor, RJ, 2002.

Goldman. R.B – Nuevos nombres del trauma, Libral del Zorzal, Buenos Aires,2003

Moura, A.C.G, Clínica da Melancolia, Escuta Editora, São Paulo, 2002.

Nasio, J.D. – Os Grandes Casos de  Psicose, Jorge Zahar Editor, RJ,2000

Ocariz, M.C . – O Sintoma e a Clínica Psicanalítica: o curável e o que não tem cura, Via Lettera, São Paulo, 2003.

Peres, U.T. – Depressão  e Melancolia,  2ª Edição, Jorge Zahar Editor, RJ, 2003.

Serge, A. – O que quer uma Mulher, Campo Freudiano do Brasil, Jorge Zahar Editor, RJ, 1998.

Turna, T. J,W, Atendimento Psicológico às Toxicomanias, Zagodoni Editora, São Paulo, 2012.

 

Mod. VI – Noções Básicas de Psicossomática.

 Lipowski, Z. (1998) Somatization: The concept and its clinical aplication. American Jornal of Psychiatry.

Estudos sobre a Histeria (1893-1895) - Coleção Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud - Vol. 2 

McDougall, Joyce. (2000 [1989]). Teatros do Corpo: o psicossoma em psicanálise. São Paulo: Martins Fontes.

Melo Filho, Júlio. (2010) Psicossomática hoje .  2ª ed. Porto Alegre: Artemed.

 

Organização Mundial da Saúde (2000) CID-10. Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. 10ª revisão. Vol. 01. Editora da Universidade de São Paulo.

Peres, Rodrigo S; Santos, Manoel A. (2006) A exclusão do afeto e alienação do corpo. 1ª ed. São Paulo: Vetor.

 

Ramos, Denise G. (2006) A psique do corpo: a dimensão simbólica da doença. 3ª ed. São Paulo: Summus.

MARTY, P. (1993). A psicossomática do adulto. Porto Alegre: Artes Médicas._(1997). Mentalização e psicossomática. São Paulo: Casa do Psicólogo

PERES, Rodrigo Sanches. O corpo na psicanálise contemporânea: sobre as concepções psicossomáticas de Pierre Marty e Joyce McDougall. Psicol. clin.,  Rio de Janeiro ,  v. 18, n. 1,   2006 .  


Teixeira, Leônia Cavalcante. "Um corpo que dói: considerações sobre a clínica psicanalítica dos fenômenos psicossomáticos." Latin American Journal of Fundamental Psychopathology on line 6.1 (2006).

 

Mod. VII – Metodologia Científica

ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 6022: informação e documentação: artigo em publicação periódica científica impressa: apresentação. Rio de Janeiro, 2003.

MARCONI, Maria de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2010.

SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 2007

 

 

Coordenadora do Curso: Dra Araceli Albino

Doutora em Psicologia pela Universidad Del Salvador (Buenos Aires, Argentina). Presidente do Sindicato dos Psicanalistas do Estado de São Paulo – SINPESP.  Psicóloga (Faculdades Integradas de Uberaba). Psicanalista Didata; atividade clínica desde 1982. Pós-graduação na PUC – “Psicanálise e linguagem”. Especializações em: Psicoterapia/Psicodinâmica de adultos e adolescentes; Especialização em:  Psicopatologia Psicanalítica e Clínica Contemporânea; Professora e Coordenadora do curso de Formação em Psicanálise do Núcleo Brasileiro de Pesquisas Psicanalíticas.

 

 

Corpo Docente:

Araceli Albino -  Doutora em Psicologia pela Universidad Del Salvador (Buenos Aires, Argentina). Presidente do Sindicato dos Psicanalistas do Estado de São Paulo – SINPESP.  Psicóloga (Faculdades Integradas de Uberaba). Psicanalista Didata; atividade clínica desde 1982. Pós-graduação na PUC – “Psicanálise e linguagem”. Especializações em: Psicoterapia/Psicodinâmica de adultos e adolescentes; Especialização em:  Psicopatologia Psicanalítica e Clínica Contemporânea

Elizandra de Souza - Psicanalista-  Mestra em Educação Pós-graduação em Psicanálise e Linguagem pela PUC-SP. Aperfeiçoamento em Teoria Lacaniana, pelo CLIN-A. Formação em Administração em RH e Pós-graduação, Pela PUC-SP, em Magistério do Ensino Superior. Membro da Comissão de Ética do Sindicato dos Psicanalistas do Estado de São Paulo – SINPESP. Docente em cursos de Formação em Psicanálise no Núcleo Brasileiro de Pesquisas Psicanalíticas – NPP, nas áreas de Teoria Freudiana e Técnica de Atendimento.

Mariléia Catarina Rosa - Mestra em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo-PUC/SP no núcleo de Psicossomática e Psicologia Hospitalar, com pesquisa em Gênero e Diversidade Sexual; Psicóloga Clínica graduada pela Universidade Nove de Julho

Nadia Vitorino Vieira - Graduação em Psicologia e Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia (1994); Mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000);  Doutorado em curso pela mesma universidade. Atualmente é professora da Universidade Nove de Julho no curso de Psicologia e Psicóloga/Pesquisadora no Centro de Historia e Filosofia das Ciências da Saúde da Universidade Federal de São Paulo e do Grupo de Estudos em História Oral e Saúde. Docente no Núcleo Brasileiro de Pesquisas Psicanalíticas – NPP.

Mariana Sayuri Berto Udo – Mestrado em toxicologia e Análises toxicológicas_ universidade de São Paulo, especiaização  em Toxicologia Analítica – Universidade Estadual de campinas, graduação em ciências farmacêuticas- âmbito generalista.Universidade Metodista de Piracicaba

Cristina Bergantini -  Mestre em Psicologia Social pela PUC –SP e Psicanalista pelo Instituto Sedes Sapientiae, onde é membro do grupo de trabalho intitulado “Psicanálise e Contemporaneidade”.

 

                                                                                                                                                                                                  

NPP - Núcleo de Pesquisas Psicanalíticas

Rua Humberto I, 501 - Vila Mariana - SP - Tel (11) 5082-4044 - 5083-1456